Crítica Literária - Na Cama com um Highlander

"A escritora é conhecida pelos seus livros eróticos, um já foi publicado em Portugal (Obsessão) e o segundo já vem aí (Submissa), mas este livro apresenta uma atmosférica mais romântica, uma escrita leve com cenas engraçadas, divertidas e por vezes até sensuais. "

Crítica Literária - Pecados Escondidos

"Julianne foi uma personagem que me cativou bastante pelo facto de não ser uma rapariga mimada e cabeça de vento (muito costume na época), mas sim uma jovem bastante humilde e que chega a pensar primeiros nos outros e depois nela própria. "

Crítica Literária - O Beijo Encantado

"Para a época em que o livro se passa, os diálogos têm um q.b de texto moderno, mas que torna o livro apetitoso e rápido. "

Crítica Literária - Inocência perdida

Nora Roberts volta a surpreender-me, voltando a enganar-me. Pensei que pela primeira vez tinha descoberto quem era o vilão da história mas nas últimas páginas houve uma reviravolta que me fez ficar de queixo caído, literalmente!

Crítica literária - Rosa Selvagem

"No início do livro, a autora acaba por desenvolver o tema de diferenças de classes mas acaba por ir diminuindo essas referências, o que acabou por haver um ambiente de "mundo cor-de-rosa" em vez de um mundo realista. "

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Aquisições Junho [1]


Bem, por agora juntaram-se mais 7 livrinhos à minha estante! Finalmente posso dizer que tenho a saga Twilight acabada (yupiii); mais 5 livrinhos da Harlequin (3 já foram devorados) e um livro da saga Casa da Noite.

Adoro a forma deste livro! Ainda não o li, mas é um livro cheio de cores, imagens, histórias e que acaba por explicar vários factos da saga. Esta saga é umas das que vou reler toda de novo, porque os últimos 4 livros ainda não foram lidos e já houve vários aspectos importantes que me esqueci. Como já conheço a história vou começar por ler em 1º lugar este livro "Manual do Iniciado", mas aconselho a quem nunca leu esta saga que leia o primeiro volume "Marcada" e depois leia este.





Aqui está o livrinho da Bree! Tive pena do desfecho desta personagem e acredito que vou adorar reler a sua "segunda vida". Aspecto interessante: o livro é de capa dura e é toda preta, dando um ar de mistério e escuridão ao livro.







Já os devorei os três! São livros pequeninos e li-os nas pausas do meu estudo. Críticas em breve, não prometo para quando, mas talvez para a semana!






Dois livrinhos da Harlequin - Tiffany. Ainda não li, não posso adiantar muita coisa, mas adoro as capas, estão lindas! A forma como conjugaram as cores, ali o Big Ben (adoro Londres). Acho que vem aí boas histórias!

Novidades Fresquinhas da ASA


Três anos após o Fim do Mundo, o silêncio reina ainda nas Catacumbas… Após a queda da Ordem, o mundo está a voltar lentamente à vida. Maddy sente-se finalmente em paz, agora que está livre das regras brutais da organização. Mas para Maggie, nascida e criada no seio da Ordem, este é um tempo de caos e desolação. Maddy e Maggie vivem a mil quilómetros de distância uma da outra mas têm uma coisa em comum: ambas nasceram com a marca das runas na pele. Um símbolo que remonta ao tempo em que o mundo era governado por deuses que habitavam Asgard. Asgard está agora em ruínas, e o poder dos deuses foi há muito destruído. Pelo menos, é o que todos pensam… Mas nada se perde para sempre. Os deuses ainda não desistiram. Eles cobiçam o poder das runas que as duas jovens detêm. Maddy e Maggie rapidamente se veem envolvidas numa luta sem tréguas que as aproximará uma da outra e na qual os seus limites serão postos à prova e as suas lealdades testadas ao limite. 


Entregue a si própria, Marina vagueou durante dias a chorar pela mãe. Como conseguiu uma criança de tenra idade sobreviver em condições tão hostis? A resposta desafia todas as nossas convicções: Marina foi adotada por uma família de macacos. Nos anos que se seguiram, eles seriam os seus guardiões. Com eles aprendeu a buscar alimentos, a proteger-se dos predadores e a viver em comunidade. Quando foi encontrada, cinco anos depois, o seu estado era completamente selvagem. Arrancada à floresta por caçadores, foi vendida a um bordel onde sofreria maus-tratos diários até ter a coragem de fugir. Encontrou refúgio nos meandros da selva urbana e no seio de um gangue de meninos da rua. Mas a infância de Marina não tinha ainda terminado. De alguma forma, acabara de começar.  Um livro de memórias único e uma lição de vida inesquecível. A forma carinhosa como Marina foi acolhida pela família de macacos quando os seus semelhantes a trataram com tão imperdoável crueldade mostra-nos o quanto temos a aprender com os animais e é a derradeira prova da força do espírito humano.



A jovem Sapna está destroçada. Obrigada a abandonar a universidade para se dedicar a um emprego medíocre como vendedora de eletrodomésticos em Nova Deli, ela é agora a única responsável pelo sustento da mãe doente e da fútil irmã mais nova. Mesmo para um coração otimista como o seu, é cada vez mais difícil acreditar num futuro melhor... até que um dia, quando o seu desespero é absoluto, algo insólito acontece: um milionário excêntrico quer fazer dela sua herdeira. Sapna pode vir a receber mais dinheiro do que alguma vez sonhou e, com ele, mudar a sua vida e a de todos os que ama. Em troca, terá "apenas" de superar os sete testes do "livro da vida". Sete testes sobre os quais o seu estranho benfeitor mantém segredo absoluto. Assim começa uma viagem rocambolesca que vai testar o seu caráter, a sua coragem e o seu coração. Pelo caminho, conhece pessoas inesquecíveis. De um casal de noivos em fuga a um sex symbol de Bollywood ou a uma insuspeita cleptomaníaca, todos vão, de alguma forma, transformá-la. E quando se depara com o sétimo e último teste - aquele para o qual a vida não a preparara -, Sapna questiona até que ponto será capaz de se sacrificar por um sonho. Vikas Swarup, autor de Quem Quer Ser Bilionário? - que inspirou o filme vencedor de oito Óscares e quatro Globos de Ouro - está de volta com uma história hilariante e dramática, terna e cruel, como o seu próprio país. Tanto a Índia como a sua heroína estão presas entre tradição e modernidade neste romance que nos leva questionar os nossos próprios sonhos e limites.





Numa época em que a reputação de uma mulher é o seu bem mais precioso, Audrianna desafia todas as convenções. Ela é uma jovem determinada, independente... e disposta a tudo para aniquilar o seu adversário, o altivo Lord Sebastian Sommerhayes. A uni-los está um homem: o pai de Audrianna, que morreu envolto nas malhas de uma conspiração. Para Audrianna, essa tragédia significou o fim da sua inocência. Para Sebastian, que liderou a investigação, foi apenas uma morte merecida. Audrianna jurou limpar o nome do pai, mas nunca esperou sentir um desejo tão avassalador pelo homem que o arrasou. A busca pela verdade vai levá-la demasiado longe numa sociedade que é implacável perante a ousadia feminina. Ao ver-se mergulhada num escândalo que pode ser-lhe fatal, Audrianna tem apenas uma inconcebível opção... Deslumbrante é o primeiro volume da série As Flores Mais Raras. Mais uma apaixonante e sensual saga histórica pela mão da Rainha do Romance.





Casa das letras: Novo livro de J.R. Ward

Payne, irmã gémea de Vishous, em muito se assemelha ao irmão. Lutadora por natureza e rebelde no que diz respeito ao papel tradicional das fêmeas Escolhidas, o Outro Lado não é lugar para ela... e a frente de batalha da guerra também não. Quando fica paralisada na sequência de uma lesão em combate, um cirurgião humano, o doutor Manuel Manello, é chamado para a curar de um modo que só ele é capaz - e em breve se vê arrastado para o mundo secreto e perigoso da fêmea. Embora nunca tivesse acreditado que a noite encerra coisas estranhas - como vampiros - dá consigo mais do que pronto a deixar-se seduzir por aquela fêmea poderosa que o marca de corpo e alma. O mundo humano e vampiro chocam à medida que os dois amantes se veem ligados por muito mais do que uma simples atração erótica... e Payne é surpreendida por uma vingança com séculos que coloca em risco a sua vida e o seu amor.

quarta-feira, 26 de junho de 2013

"Namore uma Garota que Lê" de Rosemary Urquico


Encontrei este texto na internet enquanto andava a divagar e tenho que partilhá-lo com vocês, raparigas leitoras! E também com os rapazes que namorem com leitoras ou rapazes solteiros para incentivá-los a procurar uma menina leitora porque vale a pena! 

Namore uma garota que gasta seu dinheiro em livros, em vez de roupas. Ela também tem problemas com o espaço do armário, mas é só porque tem livros demais. Namore uma garota que tem uma lista de livros que quer ler e que possui seu cartão de biblioteca desde os doze anos.
Encontre uma garota que lê. Você sabe que ela lê porque ela sempre vai ter um livro não lido na bolsa. Ela é aquela que olha amorosamente para as prateleiras da livraria, a única que surta (ainda que em silêncio) quando encontra o livro que quer. Você está vendo uma garota estranha cheirar as páginas de um livro antigo em um sebo? Essa é a leitora. Nunca resiste a cheirar as páginas, especialmente quando ficaram amarelas.
Ela é a garota que lê enquanto espera em um Café na rua. Se você espiar sua xícara, verá que a espuma do leite ainda flutua por sobre a bebida, porque ela está absorta. Perdida em um mundo criador pelo autor. Sente-se. Se quiser ela pode vê-lo de relance, porque a maior parte das garotas que leem não gostam de ser interrompidas. Pergunte se ela está gostando do livro.
Compre para ela outra xícara de café.
Diga o que realmente pensa sobre o Murakami. Descubra se ela foi além do primeiro capítulo da Irmandade. Entenda que, se ela diz que compreendeu o Ulisses de James Joyce, é só para parecer inteligente. Pergunte se ela gosta ou gostaria de ser a Alice.
É fácil namorar uma garota que lê. Ofereça livros no aniversário dela, no Natal e em comemorações de namoro. Ofereça o dom das palavras na poesia, na música. Ofereça Neruda, Sexton Pound, Cummings. Deixe que ela saiba que você entende que as palavras são amor. Entenda que ela sabe a diferença entre os livros e a realidade mas, juro por Deus, ela vai tentar fazer com que a vida se pareça um pouco como seu livro favorito. E se ela conseguir não será por sua causa.

É que ela tem que arriscar, de alguma forma.
Minta. Se ela compreender sintaxe, vai perceber a sua necessidade de mentir. Por trás das palavras existem outras coisas: motivação, valor, nuance, diálogo. E isto nunca será o fim do mundo.



Trate de desiludi-la. Porque uma garota que lê sabe que o fracasso leva sempre ao clímax. Essas garotas sabem que todas as coisas chegam ao fim. E que sempre se pode escrever uma continuação. E que você pode começar outra vez e de novo, e continuar a ser o herói. E que na vida é preciso haver um vilão ou dois.
Por que ter medo de tudo o que você não é? As garotas que leem sabem que as pessoas, tal como as personagens, evoluem. Exceto as da série Crepúsculo.
Se você encontrar uma garota que leia, é melhor mantê-la por perto. Quando encontrá-la acordada às duas da manhã, chorando e apertando um livro contra o peito, prepare uma xícara de chá e abrace-a. Você pode perdê-la por um par de horas, mas ela sempre vai voltar para você. E falará como se as personagens do livro fossem reais – até porque, durante algum tempo, são mesmo.
Você tem de se declarar a ela em um balão de ar quente. Ou durante um show de rock. Ou, casualmente, na próxima vez que ela estiver doente. Ou pelo Skype.
Você vai sorrir tanto que acabará por se perguntar por que é que o seu coração ainda não explodiu e espalhou sangue por todo o peito. Vocês escreverão a história das suas vidas, terão crianças com nomes estranhos e gostos mais estranhos ainda. Ela vai apresentar os seus filhos ao Gato do Chapéu [Cat in the Hat] e a Aslam, talvez no mesmo dia. Vão atravessar juntos os invernos de suas velhices, e ela recitará Keats, num sussurro, enquanto você sacode a neve das botas.
Namore uma garota que lê porque você merece. Merece uma garota que pode te dar a vida mais colorida que você puder imaginar. Se você só puder oferecer-lhe monotonia, horas requentadas e propostas meia-boca, então estará melhor sozinho. Mas se quiser o mundo, e outros mundos além, namore uma garota que lê.
Ou, melhor ainda, namore uma garota que escreve.
Tradução e adaptação – Gabriela Ventura

sábado, 22 de junho de 2013

A ASA publica o segundo volume da coleção «Crime à Hora do Chá»

O ESTRANGULADORDE CATER STREETde Anne Perry

O segundo volume da coleção Crime à Hora do Chá, dedicada a todos os fãs do romance policial britânico.

"Com magníficas descrições da vida aristocrática e da glória imperial inglesa e enredos de cortar a respiração. Os mistérios vitorianos de Anne Perry são maravilhosos.“
THE NEW YORK TIMES

“Quem gosta de crimes com classe pode preparar os scones  e aconchegar-se para uma tarde inesquecível.”
THE ATLANTA JOURNAL
Enquanto as irmãs Ellison – Charlotte, Sarah e Emily – visitam amigos e tomam chá nos melhores salões londrinos, uma das suas criadas é brutalmente assassinada. Para Thomas Pitt, o jovem e pacato inspetor destacado para o caso, ninguém está acima de suspeita. 
A sua investigação na requintada casa da família Ellison vai provocar reações extremas: para uns, será de absoluto pânico; para outros, de deselegante curiosidade; para a jovem Charlotte será algo mais íntimo e empolgante. Algo capaz de levar Thomas a perder momentaneamente o seu instinto detetivesco e a andar com a cabeça nas nuvens. Mas sobre o casal pairam sombras impossíveis de ignorar: Charlotte é uma menina da sociedade e Thomas pertence à classe trabalhadora… e o assassino que atormenta as ruas da cidade continua à solta, implacável. 
O Estrangulador de Cater Street, romance policial de Anne Perry, revela o primeiro mistério desvendado pelo famoso casal de detectives Charlotte e Thomas Pitt.


A coleção Crime à Hora do Chá, lançada pela ASA em Abril, pretende homenagear o romance policial clássico. Dedicada aos apreciadores deste género literário, a colecção destina-se também a leitores de romances e ficção em geral. A colecção valoriza a intriga, a complexidade dos personagens e a caracterização histórico-social. 
Os livros Morte na Aldeia, de Caroline Graham, e O Estrangulador de Cater Street, de Anne Perry, compõem a colecção Crime à Hora do Chá. Crime de Luxo, de Ngaio Marsh - outra grande dama do policial – será o próximo título da colecção, com lançamento previsto para Novembro.


Anne Perry (pseudónimo de Juliet Hulme) nasceu em Londres, em 1938. Autora de romances policiais com uma forte componente histórica e social, conta já com uma longa e aclamada carreira. 
O Estrangulador de Cater Street (1979) foi o seu primeiro romance. Vive na Escócia. 

Novidade: Desamor de Ricardo Martins Pereira

Desamor
Autor: Ricardo Martins Pereira
E-book: 9,99€
PVP: 13,90

Sinopse:
Numa altura em que as relações amorosas parecem cada vez mais vulneráveis, e em que as razões para as terminar são cada vez mais triviais, importa olhar para histórias verdadeiras e tentar compreendê-las.
Para construir Desamor, o autor analisou centenas de relatos enviados por leitores do seu blogue, O Arrumadinho, e escolheu aqueles que, no conjunto, melhor conseguem espelhar os vários tipos de relações dos dias de hoje. Desamor revela-nos nove casos contados ao pormenor por mulheres que, a dada altura, acreditaram estar a viver um amor verdadeiro e recíproco, mas acabaram com o coração partido. 
Nestas páginas, há histórias de amores que começam ou acabam por influência das redes sociais, de dificuldades que nascem dos filhos, de relações à distância, de traições, equívocos fatais e paixões antigas. Estas narrativas encaixam em vivências experienciadas por muitos de nós e reflectem a fragilidade de uma grande parte das relações amorosas nos nossos dias.
Um das histórias aconteceu com uma mulher inteligente, culta, bem sucedida, que nunca se imaginara metida em aventuras semelhantes. É a prova de que incidentes de amor, mais simples, mais duros, mais atribulados, acontecem a qualquer um, em qualquer altura. Ninguém está preparado para nada.

Sobre o autor:
O Arrumadinho, autor do blogue com o mesmo nome, é uma espécie de alter-ego de um homem de 36 anos, pai, marido, jornalista, que utiliza esta personagem para poder falar abertamente sobre os problemas que enfrentamos no dia-a-dia, tanto no trabalho como na família e, sobretudo, nas relações sociais e amorosas.
Há dois anos que o seu blogue se mantém como um dos mais lidos em Portugal, com um número total de visitas que já ultrapassou os 6 milhões e que hoje ronda as 20 mil por dia. Em 2012, O Arrumadinho escreveu Solteiros, Casados e Divorciados — Como Perceber a Cabeça dos Homens, também editado pela Oficina do Livro. Desamor é o seu segundo livro.

VAMOS LÁ ENTÃO PERCEBER AS MULHERES. MAS SÓ UM BOCADINHO... NOVO LIVRO DE MARTA GAUTIER JÁ ESTÁ NAS LIVRARIAS

Vamos lá então perceber as mulheres. Mas só um bocadinho… é o título do novo livro de Marta Gautier, inspirado no monólogo cómico que se estreou no Teatro A Barraca em 2011. Desde então, mais de 20.000 pessoas viram o espectáculo, que continua a esgotar a lotação das salas do Cinema S. Jorge, em Lisboa, e do Espaço Confluência (Teatro Maria Helena Torrado), em Cascais.

Se é homem, vai, finalmente, poder perceber como são as mulheres (mas só um bocadinho…). Se é mulher, talvez conclua, com sensação de triunfo, que as mulheres são todas únicas (mas muito parecidas umas com as outras).

Mais um livro imperdível, fresco, atrevido e arrepiantemente esclarecedor da psicóloga Marta Gautier, autora de bestsellers como Não há famílias perfeitas e Gosto de ti assim.

Sobre a autora:
Marta Gautier nasceu em Lisboa e é psicóloga clínica. A par da terapia individual, exerce actividade na área das competências parentais e é consultada por pais que desejam melhorar a relação com os filhos. Da sua experiência e formação específica nesta área, resultou o livro Não há famílias perfeitas, que conquistou um público fiel. Gosto de ti assim reflecte a sua experiência na terapia individual, e provou ser mais um sucesso editorial.

Novidades de Civilização Editora


O Livro Negro
Autor: Hilary Mantel
N.º de Páginas: 440
Tradução: Miguel Freitas da Costa
Capa: Mole
PVP: 17,50€
Sinopse: Com esta vitória histórica de O Livro Negro, Hilary Mantel torna-se o primeiro autor britânico e a primeira mulher a receber dois prémios Booker, além de ser o primeiro autor a consegui-lo com dois romances consecutivos. Continuando o que começou com o premiado Wolf Hall, regressamos à corte de Henrique VIII para testemunhar a ascensão de Thomas Cromwell enquanto planeia a destruição de Ana Bolena.
Em 1535 Thomas Cromwell é Primeiro-ministro de Henrique VIII, e o seu sucesso ascendeu a par do de Ana Bolena. Mas a cisão com a Igreja Católica deixou a Inglaterra perigosamente isolada e Ana não deu um herdeiro ao rei. Cromwell vê o rei apaixonar-se pela discreta Jane Seymour. A gerir a política da corte, Cromwell tem de encontrar uma solução que satisfaça Henrique VIII, salvaguarde a nação e assegure a sua própria carreira. Mas nem ele nem o próprio rei sairão ilesos dos trágicos últimos dias de Ana Bolena.
Um incrível feito literário, O Livro Negro é o relato deste terrível acontecimento da História, por uma das melhores romancistas da atualidade.

O Fundamentalista Relutante
Autor: Mohsin Hamid
N.º de Páginas:128
Tradução: Sofia Castro Rodrigues
Capa: Mole
PVP: 11,09€
Sinopse: Numa mesa de café em Lahore, um paquistanês com barba conversa com um desconhecido e apreensivo americano. Enquanto anoitece, o paquistanês começa a contar a história que conduziu a este encontro fatídico…
Changez está a viver o sonho americano. À frente da sua turma em Princeton, é contratado por uma firma de “avaliação” de elite, a Underwood Samson. Ele prospera na energia de Nova Iorque e a sua paixão pela bonita e elegante Erica é uma promessa de entrada na alta sociedade de Manhattan. Mas após o 11 de Setembro, a situação de Changez na sua cidade adotiva altera-se subitamente e a sua relação com Erica é eclipsada pelo despertar dos fantasmas do passado desta. A própria identidade de Changez sofre também uma enorme mudança, revelando fidelidades mais fundamentais do que o dinheiro, o poder e talvez até mesmo o amor. 



D. Henrique, O Navegador
Autor: Elaine Sanceau
N.º de Páginas: 328
Tradução: Dr. José Francisco dos Santos
Capa: Mole
PVP: 13,99€
Sinopse: O Infante D. Henrique, a quem os entendidos, entre os quais Cadamosto, haviam de chamar o “primeiro desvendador de mares e de terras, que ia lançando em cartas de marear”, foi, sem qualquer dúvida, o grande impulsionador dos Descobrimentos Modernos. Na sua vila de Sagres, rodeado de um escol de matemáticos, cosmógrafos e cartógrafos, ele preparava, com empenho e pertinácia, as viagens ao desconhecido, a fim de desvendar, paulatinamente, os mistérios em que se encontrava envolvido o oceano Atlântico. Civilizações após civilizações floresceram no mundo, formaram-se e desmoronaram-se grandes impérios, e todos passaram sem conhecerem a Terra em que viviam. D. Henrique foi quem encontrou a chave que abriu ao homem de par em par as portas do seu património. Ele realizou a maior transformação que o mundo vira ou viu até hoje.
Este livro é uma narrativa cheia de interesse, onde a vida palpita nos quadros grandiosos em que se moveu a figura do grande herói dos Descobrimentos. E a gente assiste a essa persistente campanha de dar novos mundos ao mundo. 

Ideologia e Razão de Estado
Autor: Jaime Nogueira Pinto
N.º de Páginas: 1032
Capa: Mole
PVP: 32,90€
Sinopse: No Inverno de 2003, em Washington, debatia-se a invasão do Iraque de Saddam Hussein, acusado da posse de armas bioquímicas e nucleares e de ligações ao terrorismo internacional. Para justificar a invasão, o Presidente Bush vai procurar apresentar provas nesse sentido e invocar a necessidade de democratizar o Médio Oriente, a bem dos povos e da segurança da América e do Mundo Livre. No século anterior, no Verão de 1917, em Berlim, com a Alemanha em guerra, discutia-se o apoio a Lenine e aos bolcheviques para que fizessem uma revolução na Rússia. Instalado ali o caos, esperava-se que o Império dos Czares se visse forçado a pedir a paz. Entre o entusiasmo dos diplomatas e o cepticismo dos oficiais da inteligência militar, a decisão foi difícil. Mas foi tomada e assumida, com os resultados que se conhecem. Em mais de 2500 anos de História o dilema repete-se. Na sua base, está eterno o conflito entre duas forças rivais ou convergentes na raiz da decisão política: a Ideologia e a Razão de Estado. Em Ideologia e Razão de Estado, uma História do Poder, Jaime Nogueira Pinto percorre a História política do Ocidente à luz destes dois motores da guerra e da paz entre as nações.


Acaso
Autor: Joseph Conrad
N.º de Páginas: 360
Capa: Dura
PVP: 8,99€
Sinopse: Acaso (1914), a obra que tornou Joseph Conrad conhecido, conta a história de Flora de Barral, uma jovem vulnerável. Após a prisão do pai, que entrou em falência, Flora descobre que uma mulher na sua posição apenas pode contar consigo mesma. Refletindo a realidade da época, nomeadamente a luta das mulheres pelos seus direitos, é uma narrativa brilhante de um prolífico autor.


Ana Karenina
Autor: Leão Tolstoi
N.º de Páginas: 700
Capa: Dura
PVP: 10,99€
Sinopse: Ana Karenina parece ter tudo – beleza, dinheiro, popularidade e um filho adorado. Mas sente um vazio na sua vida até ao momento em que conhece o arrebatador conde Vronsky. A relação que em breve se inicia entre ambos escandaliza a sociedade e a família, e traz no seu encalce ciúme e amargura. Em contraste com esta história de amor e autodestruição, encontramos Konstantin Levin, um homem em busca da felicidade e de um sentido para a sua vida.

História de Duas Cidades 
Autor: Charles Dickens
N.º de Páginas: 424
Capa: Dura
PVP: 9,99€
Sinopse: Ao fim de dezoito anos de prisão na Bastilha como prisioneiro político, o envelhecido Dr. Manette é libertado e parte para a Inglaterra, onde volta a encontrar a filha. Aí, dois homens, Charles Darnay, um aristocrata francês exilado, e Sydney Carton, um advogado brilhante mas de má reputação, apaixonam-se por Lucie Manette. Das ruas pacíficas de Londres, são levados para a Paris do Reino do Terror, onde a sombra fatal da guilhotina abarca tudo e todos.


Coração Impaciente
Autor: Stefan Zweig
N.º de Páginas: 296
Capa: Dura
PVP: 7,99€
Sinopse: Hofmiller, um oficial de cavalaria austro-húngaro, de passagem por uma pequena cidade da fronteira húngara, é convidado para uma festa em casa de um abastado proprietário local, para uma fuga à rotina militar. As instalações são fascinantes, o vinho corre livremente mas, quando o jovem e entusiasmado Hofmiller convida a bela filha do seu anfitrião para dançar, descobre que uma doença a deixou inválida. Este acontecimento aparentemente insignificante irá gradualmente destruir a sua vida, enquanto a piedade e a culpa lhe invadem o coração e o implicam num enredo trágico.


Os Maias 
Autor: Eça de Queirós 
N.º de Páginas: 600
Capa: Dura
PVP: 10,99€
Sinopse: Uma das obras mais conhecidas de Eça de Queirós, Os Maias, publicado inicialmente em 1888, conta a história de uma família ao longo de três gerações. No outono de 1875, Afonso da Maia instala-se em Lisboa, no Ramalhete, na companhia do neto, Carlos, acabado de se formar em Medicina. Após várias aventuras amorosas, Carlos da Maia conhece Maria Eduarda, com quem começa uma relação. Mas o passado de ambos esconde um terrível segredo…


A Mensagem 
Autor: Fernando Pessoa
N.º de Páginas: 64
Capa: DuraPVP: 6,99€
Sinopse: A obra-prima de um dos maiores poetas portugueses, Mensagem faz uma viagem pela história de Portugal, descrevendo de forma brilhante episódios heroicos e personagens fascinantes, históricas ou míticas. Esta glorificação da pátria, a única obra que o poeta viu publicada em vida, é um tributo sentido aos descobrimentos, ao sebastianismo, à conquista portuguesa dos mares e ao Quinto Império, culminando com um sentimento de esperança em relação ao futuro de Portugal.


Viagens na Minha Terra
Autor: Almeida Garrett
N.º de Páginas: 232
Capa: Dura
PVP: 7,99€
Sinopse: Em Viagens na Minha Terra, publicado inicialmente em folhetim entre 1845 e 1846, Almeida Garrett descreve a viagem que fez entre Lisboa e Santarém, bem como as suas impressões sobre os locais por que passou. No meio destas deambulações, conta a história de Joaninha, a menina dos rouxinóis, de Carlos, que encarna o herói romântico, e de Frei Dinis, entrelaçando a tragédia que liga estas personagens com as suas crónicas de viagem.

O Paraíso das Damas
Autor: Émile Zola
N.º de Páginas: 408
Capa: Dura
PVP: 8,99€
Sinopse: O Paraíso das Damas conta a história de Denise Baudu, uma jovem órfã de vinte anos que acaba de chegar a Paris, vinda da província, na companhia dos dois irmãos. Denise começa a trabalhar na loja de tecidos e confeções “Paraíso das Damas”, um dos primeiros armazéns de Paris, uma loja em constante expansão sob a chefia do magnata Octave Moret. No universo turbulento das grandes lojas de Paris, que começavam a revolucionar o comércio da época, o romance de Zola descreve uma cidade moderna, mostrando as mudanças de comportamento dos sexos e das classes.


 A Princesa Lara e o Sapo
Autor: Laetitia Etienne
N.º de Páginas: 24
Ilustrador: Rozenn Folio-Vrel
Capa: Dura
PVP: 5,99€
Sinopse: Haverá alguma pequena princesa que faz asneiras e sonha partir à aventura? Claro que há! É a pequena princesa Lara! Caprichosa, endiabrada, destemida e adorável! Junta-te a ela e embarca nas suas aventuras, conhece o seu pai, o rei inventor, o seu grandioso castelo e todos os que lá moram! Hoje, Lara persegue um pobre sapo na esperança de o beijar e de fazer aparecer o seu príncipe encantado! Mas o sapo não gosta tanto de beijos como poderia esperar a pequena princesa. Deste encontro engraçado vai nascer uma nova amizade! 


A Princesa Lara e o Gato Traquinas
Autor: Laetitia Etienne
N.º de Páginas: 24
Ilustrador: Rozenn Folio-Vrel
Capa: Dura
PVP: 5,99€
Sinopse: Haverá alguma pequena princesa que faz asneiras e sonha partir à aventura? Claro que há! É a pequena princesa Lara! Caprichosa, endiabrada, destemida e adorável! Junta-te a ela e embarca nas suas aventuras, conhece o seu pai, o rei inventor, o seu grandioso castelo e todos os que lá moram! A Lara encontra um gatinho traquinas e quer ficar com ele! Mas não vai ser nada fácil: o gatinho farta-se de fazer asneiras por todos os aposentos do castelo! E como irá ela escondê-lo dos seus pais, o rei e a rainha, e até do cozinheiro? Será que ela vai conseguir ficar com o gatinho?

Novidade Clube do Autor: O livro do Anjo

O Livro do Anjo
Autor: Alfredo Colitto
Tradução: Maria Irene Bigotte de Carvalho
PVP: 17,00 €
N.º de Páginas: 296 
Sinopse:
1313. A cidade de Veneza fervilha com os preparativos para a festa da Ascensão até que a maré alta traz à porta da Basílica de São Marcos os cadáveres de três crianças cristãs que haviam sido crucificadas. Um crime tão hediondo tem de ser expiado sem demoras. Eleazar de Worms, judeu, é acusado do homicídio e acaba por morrer na prisão. Na cela onde foi encarcerado, Eleazar deixa escrita uma misteriosa frase em latim. Porque a terá escrito com o seu próprio sangue? Qual o seu significado?

Afinal, a macabra descoberta pode ter ligação com o Sefer-ha-Razim, o Livro dos Mistérios que, segundo a lenda, foi ditado pelo anjo Raziel a Noé que, por sua vez, o terá transcrito numa pequena «tábua» de safira. Mondino de Liuzzi, médico anatomista, parte para Veneza na tentativa de ilibar o judeu. Quando este morre, Liuzzi decide continuar a investigar. O médico rapidamente percebe que terá de lutar contra os mais poderosos da cidade ao mesmo tempo que se encontra frente a frente com a mulher que ama e com aquela que amou no passado — e talvez ainda ame. Sendo ele próprio perseguido, conta com a ajuda do seu amigo Gerardo para chegar à verdade. O jovem, outrora membro da Ordem dos Templários, tem também uma missão: pôr a salvo o precioso mapa de Lamberto de Saint-Omer, que indica o caminho para as Terras Austrais, para lá do oceano. Mondino, desafiando o poder de Veneza e arriscando a própria vida, terá de descobrir o enigma de uma antiga linhagem de guardiães que remonta aos tempos do dilúvio, numa história de intriga, mistérios e morte.

Não há feira, mas há escritores!


Lançamento do livro "Um pouco mais de Fé" de Patrícia Costa Dias


Verídica e contada na primeira pessoa, Um Pouco Mais de Fé é uma história de sofrimento, fé e amor. Quando uma jovem se vê imersa num comportamento compulsivo totalmente fora de controlo, os pensamentos de suicídio instalam-se, misturados com uma veia cínica perante a sociedade. Ao ser apanhada em flagrante pela família, a opção da morte torna-se verdadeiramente clara.

Afinal, como viver sem a máscara de «linda menina», de «boazinha», que todos pensavam que era?

Como revelar não ser uma força da natureza, mas tão-só humana, com erros cometidos e segredos terríveis por revelar? Nos reveses de fugazes encontros, duas conversas inusitadas e repletas de mistério, cinco desejos lançados a Deus numa igreja que nem conhecia e uma viagem longa e confusa marcam o início de uma lenta mudança que tem lugar entre amores, desamores e personagens caricatas.

E no meio de todos eles estará aquele chuvoso dia de Novembro, aquela sala suada e abafada que ela jamais esquecerá.

Fãs de Lisa Kleypas: vem aí Paixão Sublime!

Paixão Sublime
Autore: Lisa Kleypas
Tradução: Cláudia Ramos e Helena Ramos
Págs: 320
Capa: mole com badanas
PVP: 14,40 €
Editora: 5 Sentidos

Sinopse: 
Quatro jovens damas da sociedade londrina procuram um bom partido. Chega a vez de Evangeline Jenner, a mais tímida, mas também a mais rica, logo que cobre a sua herança. Para escapar às garras da família, Evie pede ajuda a Sebastian, Lord St. Vincent, um conhecido libertino, fazendo-lhe uma proposta irrecusável: que se case com ela, trocando riqueza por proteção. Mas a proposta impõe uma condição: depois da noite de núpcias, os dois não voltarão a encontrar-se na intimidade, pois Evie não quer ser mais um coração partido na longa lista de conquistas de Sebastian. A Sebastian resta esforçar-se mais para a seduzir… ou entregar finalmente o coração, em nome do verdadeiro amor.

Sobre a autora:
Lisa Kleypas é autora de meia centena de romances já publicados em 25 línguas. Licenciada em Ciências Políticas, editou o primeiro romance com 21 anos. Os seus livros figuram constantemente em listas de bestsellers como o The New York Times e a Publishers Weekly. Os seus romances conquistaram já vários prémios RITA, o prestigiado galardão da RWA (Romance Writers of America). Figura no panteão da literatura de cariz sensual ao lado de autoras já bem conhecidas em Portugal, como Madeline Hunter, Elizabeth Hoyt, Mary Balogh, Emma Wildes ou Nicole Jordan.

Este Verão vai aquecer: uma oportunidade fantástica para comprar aqueles livros que tanto gosta!


Lá vou eu aproveitar para comprar alguns livros que me faltam da SK!

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Uma Verdade Incómoda de John le Carré (Novidade)

P.V.P.: 17,01 € 
Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 368
Editora: Dom Quixote

Sobre a obra:
Uma operação de contraterrorismo, batizada com o nome de código Vida Selvagem, está a ser montada na mais preciosa colónia britânica - Gibraltar. O seu objetivo: capturar e raptar um importante comprador de armas jihadista. Os seus autores: um ambicioso ministro dos Negócios Estrangeiros e um fornecedor privado de equipamentos de defesa que é também seu amigo íntimo. A operação reveste-se de tal delicadeza que nem o chefe de gabinete do ministro, Toby Bell, tem acesso a ela.
Suspeitando de uma desastrosa conspiração, Toby procura preveni-la, mas é rapidamente colocado no estrangeiro. Três anos decorridos, chamado por Sir Christopher Probyn, um diplomata britânico aposentado, ao seu arruinado solar da Cornualha, e seguido de perto pela filha de Probyn, Emily, Toby vê-se obrigado a escolher entre a sua consciência e o dever para com o serviço.
Mas, se a única coisa necessária para o triunfo do mal é que os homens bons nada façam, como pode ele manter-se calado?

Sobre autor:
John le Carré nasceu em 1931. Estudou em Berna e Oxford, foi professor em Eton e esteve durante cinco anos ligado ao Ministério dos Negócios Estrangeiros, sendo primeiro secretário da Embaixada Britânica em Bona e, posteriormente, cônsul político em Hamburgo. Começou a sua carreira literária em 1961, tendo-se tornado um escritor mundialmente reconhecido com o livro O Espião Que Saiu do Frio, o seu terceiro. A consagração de le Carré deu-se com o excelente acolhimento que teve a célebre trilogia de Smiley: Tinker Tailor Soldier Spy , The Honourable Schoolboy e A Gente de Smiley. Entre os seus romances mais recentes, todos eles assinaláveis êxitos de vendas e de crítica, contam-se O Alfaiate do Panamá, Single & Single, O Fiel Jardineiro, Amigos até ao Fim, O Canto da Missão e Um Homem Muito Procurado. Este último, o seu vigésimo primeiro romance, foi publicado em 2008 pela Dom Quixote.

Sozinhos na Ilha de Tracey Garvis Graves (Novidade)

P.V.P.: 14,94 € 
Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 352
Editora: Edições ASA

Sinopse:
Uma ilha deserta plena de sol, vegetação luxuriante e mar cristalino é um cenário de sonho. Ou talvez não…
Anna Emerson decide quebrar a sua rotina e deixar Chicago para dar aulas numa ilha tropical. Por seu lado, T. J. Callahan só quer voltar a ter uma vida normal após a sua luta contra o cancro. Mas os pais empurram-no para umas férias num destino exótico.
Anna e T. J. estão a sobrevoar as ilhas das Maldivas a bordo de um pequeno avião quando o impensável acontece: o aparelho despenha-se no mar infestado de tubarões. Conseguem chegar a uma ilha deserta. Sãos e salvos, festejam e aguardam, convictos de que serão encontrados em breve. Ao início, preocupam-se apenas com a sobrevivência imediata e imaginam como será contar tamanha aventura aos amigos. Nunca a citadina Anna se imaginou a caçar para comer. T. J. dá por si a lutar com um tubarão e a ser acolhido por simpáticos golfinhos. Os dois jovens descobrem-se timidamente e exploram a ilha. Mas à medida que os dias se transformam em semanas, e depois em meses, as hipóteses de serem salvos são cada vez menores.
Ambos têm sonhos por cumprir e vidas por retomar, e é cada vez mais difícil evitar a grande questão: conseguirão um dia sair daquela ilha?

Sobre autor:
Tracey Garvis Graves vive em Des Moines, nos Estados Unidos, com o marido, os dois filhos, e uma cadela hiperativa chamada Chloe.
Sozinhos na Ilha, o seu primeiro romance, foi um extraordinário sucesso mundial e está já a ser adaptado ao cinema pela MGM.

Intriga em Monte Carlo de Elizabeth Adler (Novidade)

P.V.P.: 14,31 € 
Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 428
Editora: Quinta Essência

Sinopse:
Sunny Alvarez está farta de amar um homem que não se quer comprometer e o desejo de se afastar de tudo é mais forte do que nunca. Em Monte Carlo, espera encontrar descanso e tranquilidade; mas é apanhada numa teia de intrigas que envolvem uma série de roubos de joalharias elegantes. Será que Sunny pode confiar nos novos amigos que conhece naquele hotel glamoroso do Sul de França? A velha amiga de Sunny, a estrela de cinema Allie Ray, que possui uma vinha em França, vem em seu auxílio e tenta, ao mesmo tempo, transformar a vida e a aparência da sua velha amiga, Pru Hilson, com uma mudança de visual que altera não só o seu aspeto desleixado e com excesso de peso, mas converte também Pru numa detetive amadora. Se Sunny não deslindar esta embrulhada, poderá acabar como cúmplice involuntária de roubo, chantagem e até homicídio. Quando o seu namorado, Mac Reilly aparece, vem preparado para fazer tudo para recuperar Sunny, não sendo de somenos ter de resolver os crimes e salvar-lhe a vida. Repleto de pormenores decadentes e com a escrita inconfundível que tem encantado a legião de fãs de Elizabeth Adler, Intriga em Monte Carlo é uma perfeita gema e uma perfeita evasão. 

Sobre autor:
Elizabeth Adler, britânica de origem e reconhecida a nível internacional, é autora de mais de vinte romances, publicados em 25 países, que venderam mais de 4 milhões de exemplares. Quando não se encontra em viagem, indispensável na sua vida, passa os dias em La Quinta, Califórnia, com o marido e os seus dois gatos.

Novidades da Bertrand Editora

Onde Estão as Crianças? de Mary Higgins Clark

P.V.P.: 13,95 € 
Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 200
Editora: Bertrand Editora
Sinopse:
Nancy fugiu ao sofrimento do seu primeiro casamento, à morte macabra dos dois filhos pequenos, às histórias de capa dos jornais e às chocantes acusações feitas contra si. Mudou de nome, pintou o cabelo e foi viver para outro sítio. Agora, feliz com um novo marido e dois filhos lindos, Nancy sente que pode por fim esquecer a sua história trágica e começar a acreditar em segundas oportunidades. Até que, uma manhã, olha pela janela para ver os filhos, mas encontra apenas uma luva vermelha e percebe que o pesadelo começou do novo…




A Rapariga de Papel de Guillaume Musso
P.V.P.: 14,94 € 
Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 356
Editora: Bertrand Editora
Sinopse:
Há apenas alguns meses, Tom Boyd era um escritor famoso em Los Angeles, apaixonado por uma célebre pianista. Mas na sequência de uma separação demasiado pública, fechou-se em casa, sofrendo de bloqueio artístico e tendo como única companhia o álcool e as drogas. Certa noite, uma desconhecida aparece em sua casa, uma mulher linda e completamente nua. Diz ser Billie, uma personagem dos romances dele, que veio parar ao mundo real devido a um erro de impressão do seu livro mais recente.
A história é uma loucura, mas Tom acaba por acreditar que aquela deve ser de facto a verdadeira Billie. E ela quer fazer um acordo com ele: se ele escrever o seu próximo romance, ela poderá regressar ao mundo da ficção. Em troca, ele ajuda-a a reconquistar a sua amada Aurore. O que tem ele a perder?


Tigres Sob Um Céu Vermelho de Liza Klaussmann
P.V.P.: 14,94 € 
Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 328
Editora: Bertrand Editora
Sinopse:
Nick e a sua prima, Helena, cresceram a compartilhar os quentes verões em Tiger House, propriedade da família. Como a Segunda Guerra Mundial entretanto termina e elas estão à chegar à idade adulta, preparam-se para partir à conquista do mundo. Nenhuma delas encontra a vida que tinha imaginado e, com o passar dos anos, as viagens até Tiger House assumem uma nova complexidade. Então, à beira da década de 1960, a filha de Nick e o filho de Helena fazem uma descoberta sinistra que faz mergulhar numa sombra profunda o calor daquela ilha outrora brilhante. Magnificamente contado a partir de cinco perspetivas, Tigres Sob Um Céu Vermelho é um romance latente de violência traição, paixão e segredo por trás de uma fachada pura e delicada.